Quando falamos em múmias, logo pensamos nas múmias do antigo Egito,mas se olharmos para a História veremos que muitos outro povos já haviam adotado a técnica da mumificação.Um desses povos são a tribo Anga, Aseki (Nova Guiné), estudiosos fizeram descobertas incríveis de múmias de datam anos atrás. algum tempo atrás um grupo de pesquisadores holandeses descobriu uma múmia dentro uma estátua de um budista Mônaco que remonta ao século XI.
A descoberta de grande importância foi feita nessa região de Nova Guiné. Os primeiros resultados dataram por volta dos meados de 1907.Você deve saber que o processo de mumificação dessas múmias era diferente das praticadas no antigo Egito com você pode observar pelas fotos. e a foram de mumificação era bem peculiar,consistia em queimar os corpos para eliminar qualquer impureza, depois eles os colocavam em eles estrategicamente posicionados em longas vara de bambus. agora o mais extraordinário que os estudiosos descobriram nesse processo de mumificação e que o liquido extraído dos corpos dos mortos eram espalhados nos corpos dos vivos porque assim acreditavam que podiam transferir a energia dos vivos aos mortos. Mas também tem outros estudiosos dizem que, na realidade, este liquido foi utilizados para outros fins,tais como substância para cozinhar.Como você pode ver pelas fotos, os métodos de mumificação desta tribo foram muito bem feito e agora podemos ver todos os detalhes de corpos encontrados.

aseki-mummies-4

aseki-mummies-6

aseki-mummies-7

aseki-mummies-8