Um grupo anunciou em entrevista realizada em Paris que pretende criar a primeira nação espacial de que temos notícia. O projeto até já tem nome: Asgardia. Seu nome soa familiar? é porque foi inspirado em um dos reinos dos deuses, Asgard, na mitologia nórdica (A morada do Thor).
Os líderes da empreitada pretendem lançar o primeiro satélite já entre 2017 e 2018, mas estão em busca de cidadãos para acolherem em sua nação. E pode ser qualquer pessoa da Terra.
Os futuros fundadores da Asgardia querem criar a nação espacial para que ela possa fornecer um escudo de alta tecnologia no espaço a partir de ameaças cósmicas, provocadas pelo homem e efeitos naturais, tais como detritos espaciais, rejetos de massa coronal e colisões de asteroides . Este projeto está pelo menos a algumas décadas de sua concretização, se isso realmente acontecer, é a primeira vez que uma tentativa séria foi feita na criação de uma nação no espaço. Igor Ashurbeyli, o homem que lidera a iniciativa, quer garantir o reconhecimento das Nações Unidas para Asgardia. Está previsto como uma nação de exploração científica, livre de restrições geopolíticas.

O projeto conta com a participação de Joseph Pelton, que é diretor emérito do Instituto de Pesquisa Espacial e Comunicação Avançada da Universidade George Washington, dos Estados Unidos. Segundo o cientista, há a possibilidade até da defesa da Terra no projeto incluir proteções contra asteroides com um laser e até outra contra explosões solares.