Você provavelmente, conhece ou já ouviu falar de alguns do oceanos do nosso planeta. Mas alguma vez você já parou para pensar de onde originaram o nomes dos principais oceanos do planeta? Quem foi o primeiro a dar nomes a eles? Alguns dos nomes envolvem ate a mitologia.

Pacífico

pacific
Imagem: NOAA

Em 1519, o navegador Português Fernão de Magalhães, a serviço da Espanha, começou uma jornada através do Oceano Atlântico para buscar uma rota ocidental para as Ilhas das Especiarias via América do Sul.
Após enfrentando mares perigosos e navegar através do que agora são conhecidos como o Estreito de Magalhães, sua pequena frota entrou um oceano desconhecido em novembro de 1520. Ele chamou isso de corpo de água do Pacífico, devido à tranquilidade da água no momento ( ‘pacífico ‘significa pacífica).
Quando Magalhães e sua tripulação entrou no Oceano Pacífico depois de sua longa jornada, eles pensaram que as ilhas das especiarias eram perto. Mal sabiam eles que o seu destino permaneceu milhares de milhas de distância. Os exploradores tinha aventurou no maior oceano na Terra.
Abrangendo cerca de 59 milhões de milhas quadradas e contendo mais de metade da água livre na Terra, o Pacífico é de longe a maior das bacias oceânicas do mundo. Todos os continentes do mundo poderia caber na bacia do Pacífico!

Atlântico

globe-atlantic
Imagem: NOAA

O nome do Oceano Atlântico é uma referência à mitologia.

Um pouco de mitologia.

Atlas, além de dar origem ao nome do oceano Atlântico, tem uma história mitológica bem interessante. O filho de Netuno também é chamado de Atlante e é um dos titãs gregos. Como Atlas participou do ataque dos Titãs ao Olimpo com o objetivo de destronar Zeus foi castigado por esse a carregar o mundo eternamente. Fato pelo qual os mapas do mundo se chamam atlas.
Outro fato interessante na vida de Atlas é que ele foi o primeiro rei da mítica Atlântida. Foi casado com Pleione, o casal teve sete filhas as chamadas Plêiades (as estrelas citadas acima) e também outras sete filhas ninfas as Hesperiades.

Índico

sea
Imagem: NOAA

O nome do Oceano Índico é uma relação direta com a geografia da região, já que está nas proximidades da Índia e Indonésia.

Curiosidades Sobre o Oceano Índico.

O terceiro maior oceano do mundo banha a Ásia, a África e a Oceania conta com uma extensão de 73.440.000 km². A profundidade média desse oceano é de 3.890m, a formação desse gigante de águas salgadas se deu na Era Mesozoica e foi resultante da divisão do supercontinente Gondwana. Foi o último oceano a se formar.

Ártico

arctic
Imagem: NOAA

O nome do Oceano Ártico tem origem na geografia e nas estrelas. O oceano fica exatamente sob a constelação Ursa Menor. A palavra “Ártico” vem do grego, arctos, que significa urso. Esse oceano está localizado no polo norte.

Mais mitologia.

Como toda constelação do hemisfério norte é claro que a Ursa Menor tem a sua história mitológica. De acordo com a mitologia grega Arcas, Arkas ou Arcade era filho da ninfa Calisto (transformada em ursa por Hera a esposa ciumenta de Zeus, pai do garoto). Após o trágico destino da mãe Arcas foi criado por seu avô Licaon que desejava colocar a clarividência de Zeus a prova.
Para isso o avô não hesitou em desmembrar o pequeno Arcas e servi-lo como o jantar ao deus do Olimpo. Zeus percebeu o truque, matou Licaon e restituiu a vida a Arcas que um dia enganado por Hera foi caçar e encontrou uma ursa (a qual não tinha ideia que era a sua mãe).
Depois de perseguir sem dó a ursa viu que ela entrou num templo dedicado a Zeus, no qual nenhum mortal poderia entrar, ele motivado pela caça entrou com a arma em riste. Acusado de ser impiedoso foi condenado a morte. Zeus resolveu então transformar Arcas num urso e deixou-o junto com sua mãe no céu no qual formaram as constelações na Ursa Maior e da Ursa Menor.