Um jogo sem fim e sem ganhadores que levaria 4 bilhões de anos para ser completamente explorado é um dos lançamentos mais aguardados da indústria do videogame nas últimas décadas.
No Man’s Sky desenvolvido pelo estúdio independente Hello Games, é um jogo com nada menos que 18 quintilhões (1,8×1019) de planetas a serem explorados, muitos deles com a sua própria fauna, flora e especificidades geológicas. Se o número não impressiona a princípio, vale dizer que uma pessoa teria que viver quase 585 bilhões de anos para visitar cada lugar do game por cerca de um segundo. Com universo aberto e possibilidades infinitas, o game é um dos mais aguardados para 2016.

resourcelab
No Man’s Sky (Foto: Divulgação/Hello Games)

Sean Murray é o grande idealizador por trás do jogo. Ele sonhava ser astronauta quando criança e poder dar o primeiro passo humano em um planeta alienígena. A partir desse princípio, leituras de ficção científica e inspiração no jogo Elite, o desenvolvedor formou uma pequena equipe secreta dentro da própria Hello Games para trabalhar no jogo enquanto outros games importantes da empresa continuavam como foco principal.