(Foto: Reprodução Twitter)

Em meios a momentos de tensão e sob o cativeiro do egípcio Sef Eldin Mostafa, o técnico de de segurança britânico Ben Innes não perdeu a oportunidade de registrar para a posteridade o o momento em que esteve sobe o poder de seu captor. Enquanto muitos gritavam e rezavam por socorro, Ben só queria tirar uma foto com o suposto sequestrador antes de ser liberado.
A foto caiu na web e repercutiu em sites de notícias e redes sociais pelo mundo. Taxado de ‘narcisista’ e ‘irresponsável’, Ben Innes alegou à imprensa internacional ter se aproximado de Mostafa para avaliar se os explosivos que ele carregava eram verdadeiros ou não.

O que intriga é quem tirou a fotografia, uma vez que não foi uma selfie. Ou alguém fez o clique ou estava no automático. De qualquer forma, vale a velha pergunta: Como assim?

Menos de 24 horas após o incidente, a já famosa ‘selfie’ de Innes ganhou versões e piadas pela internet. Uma delas partiu do site humorístico Mockeree, que encaixou Innes em outros momentos tensos da história como os atentados de 11 de Setembro e o assassinato do presidente Kennedy.